Barry Munday (EUA, 2010)

A dupla de protagonistas Patrick Wilson (“Sobrenatural”) e Judy Greer (“Amor e Outras Drogas”) entrega uma de suas melhores performances em muito tempo. Pena que nem o roteirista nem o diretor entenderam o carisma do personagem que eles criaram.

Wilson é o Barry Munday do título. Ele é um completo imbecil. Um cara chato que se acha o gostoso e tem como passatempo assediar mulheres da maneira mais constrangedora possível em qualquer lugar. Após um acidente, ele perde as bolas (sim, a bolsa escrotal) e fica inseguro a respeito de si mesmo. É quando entra em cena Ginger (Greer), uma geek chata e arrogante que clama ter ficado grávida e Barry, sendo que este nem se lembra. O filme se desenrola quando Barry decide fazer algo construtivo na vida e assumir o bebê que ele nem sabe se é realmente dele.

Todos os elementos narrativos para uma boa dramédia estão lá: um completo imbecil sendo pai de primeira viagem, sendo que sua parceira o odeia; a dúvida na paternidade; a família desfuncional. Só que é perceptível que, enquanto o elenco, principalmente Wilson e Greer, dão tudo de si para o papel, o desconhecido diretor e roteirista Chris D’Arienzo coloca situações que não tem relação nenhuma com as características dos personagens, como se estivesse enchendo lingüiça de um assunto esgotado. Só para se ter uma idéia, o principal evento da trama – a perda da masculinidade do nosso herói – praticamente não tem reflexo nenhum na cadeia de acontecimentos que se segue.

Em resumo “Barry Munday” se salva única e exclusivamente pelo carisma de seus personagens principais e, em menos parte da trilha sonora do compositor conhecido da TV americana Jude Christodal, a qual é uma das poucas coisas que se encaixa bem na produção. Pode-se dizer mesmo que “Barry Munday” (o filme) perdeu as bolas.
[rating:2.5]

Ficha Técnica

Elenco:
Patrick Wilson
Judy Greer
Chloë Sevigny
Jean Smart
Malcolm McDowell
Billy Dee Williams
Cybill Shepherd
Shea Whigham
Barret Swatek
Missi Pyle
Christopher McDonald
Trieu Tran
Razaaq Adoti
Matt Winston
Kyle Gass

Direção:
Chris D’Arienzo

Produção:
Mickey Barold
Stone Douglass
Eric Kopeloff
Matt Weaver

Fotografia:
Morgan Susser

Trilha Sonora:
Jude Christodal

ELENCO

DIREÇÃO

Avaliações dos usuários

Não há avaliações ainda. Seja o primeiro a escrever uma.

Avalie o filme

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram