Mãe! (“Mother!”)

Genialidade é fazer uma alegoria bíblica da existência humana num filme que se passa unicamente dentro de uma casa. Parte de toda a beleza envolvida consiste no espectador fazer uma análise em retrospecto de todos os acontecimentos e como relacioná-los às suas respectivas alegorias. Vamos fazer isso após a crítica, mas por enquanto não podemos […]

Noé (“Noah”)

Antes de qualquer coisa é importante traçarmos uma linha aqui: vamos considerar “Noé” não um filme baseado nos escritos bíblicos, mas uma aventura dramática levemente inspirada neles. Primeiro porque realmente não foi: houve grande influência de uma graphic novel francesa sobre o mesmo tema. Segundo porque o diretor Darren Aronofsky (“Cisne Negro”) e seus roteiristas […]